NOTÍCIAS
 
 

Estudo Prospectivo do Setor Têxtil e de Confecção é apresentado em Amparo

O Sindicato da Indústria Têxtil do Estado de São Paulo (Sinditêxtil-SP) esteve em Amparo, no interior de São Paulo, no dia 28 de agosto, junto à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), que apresentou o “Estudo Prospectivo do Setor Têxtil e Confecção”. O trabalho aprofunda a discussão sobre as principais tendências futuras para o segmento, tendo em vista os elementos que influenciarão o crescimento da oferta e demanda nos próximos 15 anos. Na oportunidade, estiveram presentes empresários dos municípios de Jaguariúna, Pedreira, Amparo, Monte Alegre do Sul, Serra Negra, Lindóia e Socorro, cidades que compõem o chamado Circuito das Águas. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Amparo e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

O Estudo é um dos resultados do Plano Estratégico Setorial (PES) de Têxtil e Confecção, projeto da ABDI desenvolvido para aumentar a competitividade por meio da cooperação com os setores público e privado.  Para desenvolver os trabalhos do PES foi elaborado um Comitê Gestor composto por várias entidades representativas, como o Sinditêxtil-SP, ABIT, governo e iniciativa privada.

O Estudo Prospectivo de Têxtil e Confecção apresenta detalhadamente as rotas estratégicas e tecnológicas para o segmento. Cada rota representa um caminho de ações para alcançar um objetivo proposto (visão de futuro) e aponta recomendações para viabilizar a mudança do patamar competitivo nos próximos 15 anos. As rotas tecnológicas são organizadas de acordo com as fases de desenvolvimento do setor e com foco no segmento de uniformes e roupas de uso profissional. O trabalho traz ainda a divulgação de pesquisas emergentes, que podem determinar o diferencial da confecção brasileira no futuro.

Na ocasião, Haroldo Silva, coordenador do Departamento de Economia do Sinditêxtil-SP, Liberta Tumkus, responsável pela Área de Relacionamento e Sylvio Nápoli, gerente de Infra Estrutura e Capacitação Tecnológica do Sindicato, falaram aos presentes sobre o momento econômico vivido atualmente pelo setor têxtil, expuseram os serviços oferecidos pelo Sinditêxtil-SP e também esclareceram dúvidas sobre referenciais de corpo para vestuário.