NOTÍCIAS
 
 

FIESP lança campanha para reduzir o valor da energia elétrica no Brasil

 
   

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) iniciou uma campanha para diminuir o valor da energia elétrica no País. O movimento criado pela entidade tem se baseado nos altos custos da eletricidade pagos pelos consumidores tanto residenciais, como comerciais ou industriais. A empreitada ainda defende que sejam feitos novos leilões de concessão de serviços.

De acordo com um estudo realizado pela Federação, 77% de toda energia produzida pelo Brasil é proveniente de usinas hidrelétricas, que se trata da fonte mais econômica existente. Porém, com a cobrança de custo de operação para criação de sistemas energéticos, impostos e amortização de investimentos das concessionárias, este é um dos serviços mais caros do mundo, ultrapassando as tarifas de países como EUA, China, Índia, Alemanha, França, Japão e Canadá. 

A questão foi levantada pela FIESP, pois as concessões das usinas mais antigas do País venceram em 1995. Na época, as empresas receberam compensações equivalentes a aproximadamente R$ 144 bilhões. Além disso, tiveram seus contratos prorrogados sem leilão ou concorrência, por mais 20 anos, totalizando uma média de 56 anos de concessão. Esses acordos vencerão de novo em 2015.

Diante da mudança de contratos, a entidade convoca a população a assinar um manifesto para pressionar as autoridades a seguirem a legislação para as novas concessões de energia elétrica.

Para assinar o baixoassinado, clique aqui.