NOTÍCIAS
 
 

Sinditêxtil-SP reivindica redução de tarifas à CETESB

 
 
Empresários em reunião na CETESB

O presidente do Sinditêxtil-SP, Alfredo Emílio Bonduki, reuniu-se no dia 11 de abril, na capital paulista, com o diretor-presidente da CETESB, Otavio Okano. Na oportunidade, o presidente do Sindicato entregou documentação solicitando adequação das tarifas cobradas pela Sabesp para as indústrias têxteis paulistas e agilidade na adequação das leis, proporcionando soluções viáveis para que as empresas possam instalar projetos ambientalmente corretos em seus parques fabris.

“A legislação que temos hoje é muito rígida e a fiscalização funciona. Nossa preocupação com o meio ambiente é um estandarte para o setor têxtil paulista”, disse Bonduki. O empresário ressaltou ainda que o Sinditêxtil-SP sempre lutou pelas questões legais e ambientais, pois uma produção limpa proporciona competitividade.

Outra sugestão apresentada no encontro foi sobre o Governo Estadual criar um imposto ambiental para os produtos têxteis importados da Ásia. “Um dos diferenciais do Brasil na exportação é a produção sustentável. Essa nossa preocupação acaba sendo menosprezada quando são importados artigos confeccionados sem esses parâmetros e, consequentemente, mais baratos”, alertou Bonduki.

De acordo com o presidente do Sindicato, essas medidas são essenciais para as indústrias têxteis que permanecem em São Paulo não deixarem o estado por outros com incentivos ficais mais atrativos.

Participaram também do encontro o assistente executivo da CETESB, Richard Hiroshi Ouno, o vice-presidente do Sinditêxtil-SP, Alessandro Pascolato e o diretor do Sindicato, George Tomic.