NOTÍCIAS
 
 

Produção mais limpa e econômica gerando setor mais sustentável
Sinditêxtil-SP lança  Indicadores Ambientais junto com CETESB

Foi lançado no último dia 19, na sede do Sinditêxtil-SP, o projeto “Desenvolvimento de indicadores Ambientais para o setor”.O projeto faz parte do Guia de Produção mais Limpa realizado pelo Sinditêxtil-SP e a CETESB, e visa ao desenvolvimento sustentável. A iniciativa é inédita em um setor produtivo no País.

Durante o evento que contou com a participação do Presidente do Sinditêxtil-SP Rafael Cervone Neto, e do Diretor Presidente da CETESB Fernando Rei, foram homenageados os envolvidos na elaboração do Guia, como a pesquisadora da USP Maria Luiza Padilha que foi responsável pela idealização dos indicadores de meio ambiente.

Para implementar medidas de produção mais limpa, os indicadores, em sua primeira fase serão voltados para: o consumo e reuso de água, geração totais de resíduos de classes I e II, consumo de energia e resíduos recicláveis.

O professor e coordenador do curso de tecnologia e gestão ambiental da PUC-SP, Geraldo Borin, destaca a importância dos indicadores para a real gestão de melhorias ambientais. ”Sem indicadores ambientais não tem mensuração real dos processos de fabricação. E sem esses mecanismos de medição não há como fazer um estudo correto e avaliar o impacto que a produção têxtil tem no meio ambiente”.

O Sinditêxtil-SP foi pioneiro na promoção de uma produção mais limpa e, portanto, mais sustentável entre as empresas paulistas. “O lançamento do Guia e agora tornar os Indicadores Ambientais um processo oficial e reconhecido pela CETESB nos enche de orgulho, pois é o resultado de anos de atuação do Sindicato” declara Cervone.

A proposta para essa primeira fase dos Indicadores é de que até outubro as indústrias façam a aplicação da metodologia e o registro dos dados de indicadores, para que em dezembro de 2009 sejam feitas as medições e a avaliação final dos resultados obtidos no período. Para mais informações clique aqui.