NOTÍCIAS
 
 

Sinditêxtil-SP alerta representantes trabalhistas para os riscos de desindustrialização

 
 
Alfredo Emílio Bonduki, presidente do Sinditêxtil-SP, Sérgio Marques, presidente do Sintratêxtil-SP e Alessandro Pascolato, vice-presidente do Sinditêxtil-SP

A convite do presidente do Sindicato dos Têxteis de São Paulo (Sintratêxtil-SP) Sérgio Marques, o presidente do Sinditêxtil-SP Alfredo Emílio Bonduki esteve, no dia 21 de julho, em um café da manhã, na sede da entidade dos trabalhadores. O encontro, que contou com a presença do superintendente regional do trabalho de São Paulo José Roberto de Melo, reuniu lideranças patronais e trabalhistas que discutiram a importância desta integração e os riscos de desindustrialização que o País corre.

Na oportunidade, o presidente do Sinditêxtil-SP apresentou os principais aspectos da atual conjuntura da indústria têxtil e de confecção brasileira. Além, das demandas mais urgentes para recuperar a competitividade do setor. “Se as medidas mais necessárias, como a diminuição de carga tributária, não forem tomadas, perderemos nossos empregos. É de extrema importância nos unirmos para lutar por maior isonomia”, declarou Bonduki.

Já Sérgio Marques, presidente do Sintratêxtil-SP, ressaltou a importância do encontro entre entidades de trabalhadores e de empresários para reivindicar das autoridades melhores condições para a indústria têxtil e de confecção. “A união se faz necessária em um momento tão delicado para o setor. Temos que mostrar a força deste segmento produtivo ou as importações sequestrarão nossos trabalhos”, alerta Marques.