NOTÍCIAS
 
 

Pesquisa Estrutural da Região do Pólo Têxtil (RPT)

O Centro Integrado do Vestuário e Têxtil (CIVETEX) está investindo em uma pesquisa inédita para levantar oficialmente o perfil da Região do Pólo Têxtil (RPT). “Para construir qualquer planejamento, buscar recursos e, principalmente, atender as reais necessidades do setor, é preciso antes conhecer profundamente quantos somos, de que tamanho somos, o que fazemos e quanto fazemos, etc. É imprescindível um estudo que faça pela primeira vez essa investigação e seja regularmente atualizado”, diz Rafael Cervone Netto, presidente do Sinditêxtil-SP. A pesquisa será realizada pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) e deverá abranger uma amostragem de mais de 200 empresas, de todos os portes e segmentos. Iniciada no mês de setembro, a pesquisa deverá ser concluída e apresentada no final de novembro.

De acordo com Ronald Masijah, presidente do Sindivestuário, o conhecimento do perfil das empresas do pólo é de extrema importância para direcionar todo o trabalho dos sindicatos e das demais entidades participantes na região e, dessa forma, atender os empresários da melhor forma possível.  “É um trabalho pioneiro no setor, pela importância do pólo, que concentra diversas empresas do setor têxtil e de confeccção, e que merece uma avaliação pontual, como a que será realizada pelo CIVETEX”, explica o presidente.

A pesquisa estrutural revelará quantas empresas realmente existem em atividade nas cinco cidades da RPT (Americana, Santa Bárbara D’Oeste, Sumaré, Nova Odessa e Hortolândia), visto que nem sempre quantidade de CNPJs revela esta realidade. Da mesma forma, é preciso investigar quantos empregos diretos e indiretos, formais e informais existem na região. O estudo encomendado pelo CIVETEX tem como meta conseguir auditar no mínimo 50% da produção da RPT, por município, por segmento e por porte de empresa.