NOTÍCIAS
 
 

Sinditêxtil-SP assina acordo com a Prefeitura de São Paulo

 
 
Prefeito de São Paulo Gilberto Kassab assina acordo com Sinditêxtil-SP

A ABIT, o Sinditêxtil-SP e entidades parceiras assinaram, em 20 de setembro, um “Termo de Cooperação Técnica” com a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria Municipal de Educação. O acordo visa o assessoramento nas especificações técnicas dos uniformes escolares que serão destinados aos alunos da Rede Municipal de Ensino da capital. A assinatura aconteceu no gabinete do prefeito Gilberto Kassab, localizado na região central da cidade.  A Rede Municipal tem cerca de 650 mil alunos e estas especificações técnicas poderão agilizar a compra dos uniformes e garantir melhor qualidade para os usuários.

Para Rafael Cervone, diretor da ABIT, a parceria é de extrema importância para a entidade. “Este tipo de projeto abre uma série de oportunidades até em outros Estados, além de São Paulo, que será uma grande referência. Foi um prazer para nós estarmos envolvidos num projeto como este, desta magnitude", avaliou.

"Este é um importante convênio que está sendo assinado pela Secretaria da educação com a ABIT, no sentido de trazer melhor acompanhamento de editais que tratam da compra do vestuário dos alunos. Quanto a isso, estamos tranquilos, pois a ABIT é uma entidade de excelência representando, empresários nacionais e com o interesse de trazer o que há de melhor em materiais e qualidade para a rede pública de ensino de da Prefeitura de São Paulo. Vai ser uma virada, um marco uma virada em relação à nosso material de vestuário", enfatizou Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo.

Já Alexandre Alves Schneider, Secretário Municipal da Educação de São Paulo, disse que já havia uma troca de conversas com os empresários do setor, para que pudesse haver mais clareza na elaboração dos editais e também possibilitar que os produtores nacionais pudessem fazer parte destes editais. "Isso vai dar mais transparência e mais qualidade à licitação de uniformes escolares. É como se tivéssemos fazendo a licitação a duas mãos: prefeitura e indústria têxtil nacional", disse Schneider.