NOTÍCIAS
 
 

Prêmio de Gestão Empresarial incentiva o aumento da Competitividade
das micro e pequena empresas brasileiras

Com o intuito de aprimorar cada vez mais a gestão das micro e pequenas empresas paulistas e conseguir elevar a competitividade nos setores em que atuam, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo dá apoio, pelo quinto ano consecutivo, à realização do Prêmio MPE Brasil, que será entregue em dezembro.

“Todos falam em inovação e competitividade, mas só se consegue isso com uma boa gestão aplicada de forma sistemática, e não pontual”, diz José Ricardo Roriz Coelho, diretor-titular do Departamento de Competitividade e Tecnologia (Decomtec).  Na avaliação do executivo, por vezes as empresas têm bom produto, mas péssima gestão. Com isso, o negócio cresce, porém o produto fica obsoleto. Ao aderir ao prêmio e fazer a auto-avaliação da gestão, afirma Roriz, é possível seguir por caminhos que levem à renovação, agregando tecnologia aos seus produtos e ganhando competitividade.

As empresas participantes tem a oportunidade de fazer uma auto-avaliação e recebem um relatório de avaliação, tomado conhecimento de seu nível de gestão e caminhos a seguir para se aprimorar. Nesse caso, é mais importante aprender com o processo do que ganhar o prêmio.

A preocupação com a gestão tem razão de ser. Afinal, do total de MPEs (Micro e Pequenas Empresas) com um ano de existência, 28% fecham. Esse porcentual era de 45% há três anos. A união de forças de entidades como Fiesp e Sebrae, com seus programas e treinamentos de gestão, qualidade, produtividade e inovação, tem contribuído para reduzir a taxa de mortalidade das empresas.

“Gestão e ética têm de ser inerentes a qualquer negócio”, ressalta Waldir Soares da Silva, diretor comercial da Sig Rool Indústria e Comércio de Artefatos de Borracha, vencedora do MPE Brasil 2008. Silva credita à boa administração um incremento de 80% em seu faturamento na comparação entre o primeiro semestre de 2008 e de 2009.

O objetivo é que as vencedoras sejam uma referência na mobilização para a melhoria da competitividade das micro e pequenas empresas brasileiras. O prêmio dá luz aos que têm gestão diferenciada e, aos outros, dá a oportunidade de traçar um plano de ação para melhorar seus negócios a cada ano, até que eles mesmos sejam vencedores.

O prêmio foi criado em 2006 pela Gerdau em parceria com o Sebrae SP e FIESP no estado de São Paulo. Conta também com o apoio do Ipeg, Federação do Comércio (Fecomercio) e Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Em 2010 mais de 50 mil micro e pequenas empresas, em 24 estados, participaram do prêmio. Após a etapa regional, os ganhadores de cada estado seguem para uma etapa nacional, cujo ganhador recebe o prêmio em Brasília pelas mãos do Presidente da República.    

Para mais informações sobre o prêmio MPE Brasil visite o site http://www.mbc.org.br/mpe/ . As inscrições vão até 15/08/2011.