NOTÍCIAS
 
 

Apucarana irá produzir o boné modelo para o kit escolar

A reunião do Comitê  Setorial Têxtil realizada, na última semana, na sede da Associação Brasileira da Indústria Têxtil de Confecções (ABIT), em São Paulo, resultou em avanços no projeto Educação: Costurando o Futuro e Moda no Figurino. Quanto ao primeiro, o polo produtivo de Apucarana será o responsável por enviar a ABIT uma amostra de boné que será padrão para o kit do uniforme escolar. O Governo Federal usará este modelo como base no processo licitatório. 

A Associação Nacional Indústrias de Bonés, Brindes e Similares (Anibb) está incumbida de enviar esta amostra ainda este mês para a Abit, que encaminhará ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A ABIT também deverá marcar ainda para setembro uma audiência pública. 

Para o vice-prefeito, Waldemar Garcia (PSDB), que acompanhou os empresários na reunião, avalia que houve avanços no Programa Nacional de Uniforme Escolar (PNUE). “As instituições estão se mobilizando para que os estudantes da Educação Básica já comecem a receber os uniformes no próximo ano letivo”, frisa.

Ele explica que o Governo Federal irá fazer o registro de preço individual das peças que compõe o kit. Segundo Garcia, o registro individual é mais democrático porque cada polo poderá participar com seu produto. “Isto também facilita o processo de compra das prefeituras que terão as diretrizes tanto de preço quanto de qualidade”, ressalta.

Garcia ainda comenta que está em discussão uma linha de crédito para as prefeituras comprarem os uniformes. “Ainda não sabemos se será em forma de financiamento ou à Fundo Perdido”, diz. O presidente da (Anibb), Valdenilson Vado da Costa, acrescenta que o Projeto Costurando o Futuro – PNUE - será trabalhado em duas etapas. “Na primeira, iremos agilizar amostras aprovadas do kit para o (FNDE) e encaminhar para Abit marcar a audiência pública ainda neste mês. A segunda será a aprovação e orçamento do projeto total de obrigatoriedade do uniforme escolar”, salienta.

Moda no Figurino

As próximas ações do projeto Moda no Figurino também foram definidas. Segundo o presidente da Anibb, Valdenilson Vado da Costa, o projeto, como o PNUE, será desenvolvido em duas etapas. No primeiro momento será feito um orçamento com a Rede Globo para lançar o boné em algum programa imediatamente. “Depois vamos verificar a possibilidade de inserir o boné em uma novela” afirma.

Os dois projetos, de acordo com Vado, vão impulsionar o setor. Ele acredita que haverá um aumento natural na produção de bonés porque o acessório entrará de vez na composição fashion do vestuário.  O presidente da Anibb reforça que este trabalho de mídia irá valorizar a qualidade e o design diferenciado dos bonés de Apucarana, fortalecendo a imagem do polo.