Matérias

Castanhal tem o primeiro curso técnico têxtil in company da região Norte

05/12/2018

Já começaram as aulas do primeiro curso técnico têxtil in-company da Região Norte. A iniciativa é uma parceria da Castanhal – Companhia Têxtil, maior fabricante de produtos de juta do Brasil, com o Senai Cetiqt, um dos maiores centros latino-americanos de produção de conhecimento aplicado à cadeia produtiva da indústria têxtil. Também integram o projeto o Senai Pará e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica do Pará. Parte do curso será ministrado à distância, enquanto que as aulas presenciais ocorrerão em um auditório dentro da fábrica da Castanhal construído especialmente para receber os alunos. 

“Sempre tivemos uma grande dificuldade em encontrar mão-de-obra especializada no setor têxtil aqui na Região, por isso propusemos essa parceria e assim vamos ter uma das primeiras turmas de curso técnico têxtil in company do Brasil formadas dentro da nossa fábrica”, diz Inocêncio Mesquita, gerente administrativo da Castanhal. 

Imagem da produção da fábrica da empresa - Crédito da foto: Divulgação/Castanhal

A parceria entre a iniciativa privada e o governo permitiu que fossem oferecidas 52 vagas, sendo que 27 alunos matriculados são funcionários da própria Castanhal. As outras 25 vagas foram abertas à comunidade e tiveram inscritos de vários municípios do Pará. O curso, totalmente gratuito para os alunos, começou em setembro e deve se encerrar em março de 2020. 

O Senai Cetiqt será responsável pela gestão e operacionalização do curso, além de providenciar o ambiente virtual de aprendizagem. Já o Senai Pará disponibilizará os instrutores do módulo básico, que irão ministrar os encontros presenciais a serem realizados na sede da Castanhal. A empresa se responsabilizou pelos custos com os professores para as aulas presenciais e a construção da infraestrutura para receber os alunos. 

Durante o curso os alunos vão estudar a fundo todas as etapas da transformação da fibra têxtil em fio ou tecido, além de gestão administrativa, produção, logística e um módulo aprofundado sobre a juta, matéria-prima utilizada pela empresa. 

Processo de fabricação de produto - Crédito da foto: Divulgação/Castanhal

“Quando divulgamos o curso, a expectativa era preencher as vagas em uma semana, mas em menos de dois dias recebemos mais de 180 candidatos e fomos obrigados a encerrar as inscrições”, conta Mesquita. Além de se tornarem profissionais com uma especialização rara e valorizada na Região Norte, essas pessoas ainda têm grandes chances de serem contratadas pela Castanhal. A empresa pretende monitorar quem mais se destacar e pode recrutar até dez novos colaboradores ao fim do curso. 

Já para a equipe própria de 27 funcionários que vão passar pelas aulas, a ideia é formalizar o nível técnico dos alunos, melhorar ainda mais os processos dentro da fábrica e aproveitar melhor o potencial de cada um, realocando-os em atividades nas quais mais se sobressaiam. 

A empresa também já faz planos para novas turmas no futuro. “Nós temos um grande interesse, vai depender bastante dos resultados desse primeiro grupo e da continuidade da parceria com o Senai e o governo estadual, mas só pelos inscritos que tivemos que recusar por falta de vagas daria para formar mais umas três turmas”, afirma o gerente da Castanhal. 

Criada em 1966, a Castanhal – Companhia Têxtil é a maior fabricante de produtos de juta do Brasil. Sua fábrica, com cerca de 1,5 mil funcionários, fica em Castanhal, no interior do Pará e conta ainda com uma filial em Manacapuru (AM) e um escritório comercial em São Paulo (SP). Atualmente, a empresa é maior fornecedora de sacaria para produtos agrícolas como café, batata, cacau, castanha, fumo e amendoim.

 


TAGS: castanhal, senai, cetiqt, pará, brasil, rio de janeiro, formação, qualificação, curso, técnico, têxtil