Matérias

Sustentabilidade faz parte do DNA da Santista Jeanswear

01/02/2019

A Santista Jeanswear, uma das principais indústrias têxteis de toda a América Latina, além de ser referência no mercado de denim, reforça preocupação com o meio ambiente e a comunidade. A empresa aplica diversos projetos sustentáveis em suas fábricas, que vão além do reaproveitamento da sobra da produção de denim. 

Os projetos da Santista têm uma visão de desenvolvimento sustentável em todas as suas atividades e produtos, com uma conduta que envolve aplicar medidas necessárias para prevenir danos e prezar pela saúde do planeta. 

Desde o seu nascimento em 1929, contribui com projetos sustentáveis em suas fábricas. Entre eles, o projeto Aquasave que representa todas as ações de redução e tratamento de água, não apenas para a Santista, mas para toda a cadeia têxtil. Além da economia de 1 milhão litros de água por dia, as fábricas também reaproveitam a água de chuva. 

Com a estação de tratamento de efluentes (ETE) devolve a água do Rio Piracicaba mais limpa do que é captada, removendo 99% de carga orgânica, ou seja, acima dos 80% estabelecidos pela lei.Além disso, foram plantadas 25 mil mudas nativas de 80 espécies em volta do mesmo rio que nasce no fundo da fábrica de Americana (SP). 

Contra a emissão de gases tóxicos, a Santista foi a primeira no mercado de jeanswear a deixar de utilizar óleos combustíveis PPF em suas duas fábricas – localizadas em Americana e Tatuí (SP) - reduzindo a produção de dióxido de enxofre e a poluição. Utilizam a biomassa em substituição aos óleos e combustíveis derivados do petróleo, evitando a emissão de gases tóxicos e o efeito estufa. 

A biomassa utilizada gera em torno de 97% de vapor. Outra medida utilizada é a neutralização de efluentes com CO2. Parte do gás que iria para a atmosfera volta para neutralizar a água, substituindo o ácido sulfúrico que seria necessário para neutralizar seu pH. 

Toda a produção do denim da Santista é feita com linha biodegradável, com fécula de mandioca modificada e resíduos da indústria de batata chips. Além disso, a Santista tem como diferencial a utilização de amaciante natural à base de cupuaçu. 

A marca também desenvolveu o primeiro denim feito com fibras de algodão reciclado, além da garantia de economia e reutilização de água no tingimento, ele proporciona zero resíduo de algodão e redução de insumos.


TAGS: santista, sustentabilidade, projetos