Matérias

Têxteis paulistas marcam presença na Febratex

03/09/2018

A 16ª edição da Febratex - Feira Brasileira para a Indústria Têxtil, que aconteceu entre os dias 21 e 24 de agosto, em Blumenau (SC), apresentou os lançamentos de 400 empresas que representam cerca de 2,4 mil marcas nacionais e internacionais. Entre elas, empresas paulistas também mostraram novidades para o público que superou a marca de 60 mil pessoas.

Parque Vila Germânica sediou mais uma edição da Febratex - Foto: Giselle Seibel

O presidente do Sinditêxtil-SP, Luiz Arthur Pacheco, prestigiou a feira. “Eventos como a Febratex são uma excelente plataforma para impulsionar a indústria têxtil e de confecção”, comenta. “Temos aqui a presença de diversas empresas de São Paulo e associadas ao Sinditêxtil-SP, que apresentaram inovação e tecnologia”, complementou Pacheco.

Antônio Augusto (Tremembé), Ramiro Palma (Anfra/Tesoureiro Sinditêxtil-SP), Luiz A. Pacheco (pres. Sinditêxtil-SP) e Mario Galardo (Tremembé/Vice-pres. Sinditêxtil-SP)

A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, fez o lançamento de novos fios têxteis de poliamida inteligentes, funcionais e inovadores, destinados a diversos segmentos do setor de vestuário. Ao mesmo tempo, a empresa aproveitou a ocasião para informar ao mercado que está produzindo no Brasil a poliamida 6 para aplicações têxteis. Na área de produtos novos, o destaque é o lançamento de Amni® Colors Tres, fio de poliamida desenvolvido a partir de combinação exclusiva de fibras que conferem um efeito tricolor e único às peças. A família Amni® Colors reúne fios mesclas e pretos desenvolvidos com tonalidades especiais que eliminam a etapa de tingimento nas tecelagens e malharias. Além de evitarem o risco de manchas e a perda de intensidade da cor, esses fios reduzem o consumo de água, energia e de insumos durante o processo de fabricação da malha ou tecido. Já o fio Amni® Colors Shine, integrante da família de mesclas, traz brilho acetinado e elegante às peças, além do toque gelado e caimento perfeito. No segmento dos fios industriais, o destaque da Rhodia é a linha de produtos Rhodianyl® High-D, que têm alta tenacidade e resistência a abrasão, indicados para a fabricação de tecidos técnicos, linhas de costura para calçados, bolsas e acessórios e diversos outros segmentos. 

Estande da Rhodia no evento - crédito: Divulgação/Rhodia

Presente em todas as edições da Febratex, dessa vez a Sintequímica - pioneira na tecnologia de dispersão de pigmentos na América Latina e líder nesta linha em estamparia têxtil no Brasil – apresentou linha de dispersões de pigmentos ideal para trabalhar em sistemas de dosagem automática de cores, uma forte tendência do mercado de estamparia têxtil. A linha de pigmentos possui diferenciais importantes em tixotropia, estabilidade e limpeza de cores que permitem que estes sistemas operem em sua total capacidade e sem interrupção. Além disso, a Sintequímica também mostrou pigmentos de alta performance. Apoiada no conceito da sustentabilidade, toda a linha da empresa é livre de metais pesados, 100% APEO-free e com baixos níveis de formaldeído. A empresa apresentou, ainda, novos produtos para pré-tratamentos de estamparia com pigmentos e corantes, bem como os novos produtos de sua representada DuPont Artistri - uma completa linha de tintas com base em pigmentos e corantes de diversas viscosidades já adaptados para cada cabeça de impressão. 

Sintequímica presente em todas as edições do evento - Foto: Divulgação/Sintequímica

Equipada com tecnologia de ponta, a Canatiba Denim Industry apresentou no evento as tecnologias ÉKO – reúne fibras recicladas de algodão e Liocel, até então descartadas; as bases recebem tingimento ecológico com até 80% de economia de água em todo o processo fabril; e Maxskin Duo - produzido com algodão de alta densidade e fios mais finos, o toque incomparável do MaxSkin ganha a elasticidade, união do conforto extremo no contato com a liberdade de movimentos. Além de lançamentos de novos tecidos de tecnologias como Duo Core, Sexyfit, Megaflex e Premium Denim.

A Tremembé Química, especializada na fabricação de produtos auxiliares para o segmento têxtil, apresentou na Febratex seu portfólio de  auxiliares têxteis para preparação e acabamentos. Já a Pelican Têxtil, que tem mais de 55 anos de história, é pioneira no mercado brasileiro de pelúcias e peles sintéticas.  Apresentou no evento suas peles sintéticas. 

O volume de negócios gerados deve superar o da edição realizada em 2016, que foi da ordem de R$ 1,6 bilhão, estima a organizadora FCEM/Febratex Group. A grande maioria dos negócios iniciados na feira é finalizada no pós-evento, ou seja, até a realização da próxima Febratex, em 2020.

Próxima edição deve acontecer entre os dias 18 e 21 de agosto de 2020.


TAGS: febratex, indústria, feira, têxtil, confecção, vestuário, evento, encontro, negócios, compradores, expositores